segunda-feira, 12 de julho de 2010

Curtas de Vila do Conde 2010

Synesthesia from Terri Timely on Vimeo.



Uma média-metragem argentina com 40 minutos (que custam a passar) ganhou o prémio 'Vila do Conde Short Film Nominee for the European Film Awards' para a melhor curta-metragem europeia, e um filme suiço muito mau ganhou o prémio da 'Competição Nacional'. Já o Grande Prémio ‘Cidade de Vila do Conde’ foi para uma curta romena, mas mediana. Para não variar, o Prémio do público 'Mateus Rosé Sparkling', fazendo juz ao seu patrocinador, era uma merda (inglesa, fazendo juz à cinematografia da ilha). À custa deste ramalhete não vi o prolongamento do jogo em que a melhor equipa de futebol de salão do mundo se sagrou campeã mundial de futebol de onze.

4 comentários:

Pedro Ramires disse...

Por acaso, depois do jogo do mundial, no Onda Curta, na RTP2, deu a curta-metragem vencedora do prémio internacional do ano passado. Eu revi e até gostei. Este ano não consegui ir lá.

MCS disse...

"melhor equipa de futebol de salão do mundo" está boa, sim, senhor. Mas a melhor definição que li foi "catenaccio ofensivo".

Rui G disse...

eheh :-)

rui disse...

Huuummm... já não
me lembro da do ano passado...

catenaccio ofensivo está bem visto. Os gajos jogam realmente bem, mas são um bocado irritantes.