terça-feira, 27 de outubro de 2009

Tinto

2 comentários:

Rui G disse...

O meu objectivo de vida é conseguir manter esse torpor anestesiante sem passar a barreira do embriagado. É a única maneira de sobreviver á vida de adulto parece-me.

rui disse...

Ahah, tanto optimismo!